Categorias
Uncategorized

4 Áreas de atuação para o Analista de Ecommerce

Tem vontade de trabalhar com ecommerce, mas não sabe exatamente como você pode contribuir para o crescimento dessa área. Então, você precisa ler esse artigo. Depois dele, vai saber quais são as 4 as quatro áreas mais cobiçadas pelo mercado de trabalho.

Após conhecer cada uma delas, será capaz de escolher qual tem mais a ver com você e assim poderá fazer a sua especialização. Mas não se esqueça, como já falamos aqui, o mercado precisa de Profissionais T-Shaped. Ou seja, não basta ser bom em uma única coisa, é preciso ter uma visão 360º. 

Vamos agora conhecer as 4 áreas que o Analista de Ecommerce pode atuar!

1- Analytics

O profissional especialista em analytics é o responsável por analisar os dados de ferramentas, como o Google Analytics e o Adobe Analytics, e transformá-los em informações para ajudar a todos os setores em suas decisões. Portanto, se você quer trabalhar nessa área, precisará ser uma pessoa curiosa, analítica, sistemática e crítica, pois estará o tempo todo lidando com construção de argumentos racionais baseados em fatos.

Você também pode consumir esse conteúdo em formato de vídeo no nosso canal do Youtube, “4 Especializações para Analista de Ecommerce: Conheça o melhor ramo para você!”, para assistir é só apertar o play abaixo. 

2- Tráfego

Dentro dessa especialização há dois nichos: o orgânico e o pago. O orgânico está relacionado com as estratégias implementadas pelo profissional para atrair pessoas sem que seja necessário fazer anúncios. É aqui que entra o Seo, que é a otimização do conteúdo para os motores de busca.

Já o tráfego pago consiste em construir anúncios para atrair pessoas para o conteúdo. As principais ferramentas são Facebook Ads e Google Ads. Mas se você quer ser cobiçado pelo mercado não deve se limitar a um nicho específico do tráfego, pois nem sempre há a possibilidade de contratar um profissional para cada uma dessas áreas. Sendo assim, se quer ter sucesso na área de tráfego vai precisar estudar tanto estratégias de tráfego orgânico, quanto de tráfego pago, pois ter uma visão de ambas te ajudará a crescer mais rapidamente.

3- UX (research)

Essa área é a responsável por coletar dados para melhorar a usabilidade do produto ou serviço da empresa. Se quer atuar nessa área, você vai precisar ser curioso e ter a capacidade de se colocar no lugar do outro para entender melhor as experiências dos usuários.

Além disso, para trabalhar nessa área, é fundamental conhecer diferentes metodologias de pesquisa, pois só assim saberá planejar os formulários da maneira ideal.

Depois da construção, será preciso conduzir as entrevistas, fazer observações e analisar os dados. Sendo assim, o profissional dessa área é fundamental para o desenvolvimento de novos produtos/serviços e melhorias do que já existe, o que faz dele peça chave da engrenagem  da evolução do negócio.

4- Testes A/B (CRO)

Para atuar nessa área é preciso ter conhecimento em Analytics e Ux. O digital é dinâmico e para acompanhar isso é preciso ser um profissional aberto a novidades. Essa capacidade de adaptação e flexibilidade são fundamentais para trabalhar com Testes A/B. 

O profissional dessa área não pode se apegar a nada, pois precisará estar sempre testando novidades para otimizar cada vez mais a taxa de conversão. Ou seja, estar pronto para fazer mudanças que façam mais pessoas realizarem a ação desejada em uma página, site ou aplicativo.

O que funciona hoje, amanhã já não pode ser mais suficiente. Por conta disso, precisamos estar sempre testando coisas novas. Assim, quem trabalha na área de testes a/b (CRO) precisa buscar sempre novas propostas para ver se não é possível melhorar ainda mais os resultados do conteúdo.

Essas são as 4 áreas principais que o Analista de Ecommerce pode se especializar.

Não se esqueça de se inscrever no nosso canal “Ecommerce Pro”.

Qual foi a área que você mais curtiu? Coloca nos comentários!